TERMITA

O material TERMITA é obtido na elaboração do mineral VERMICULITA, (grupo de minerais laminares hidratados, como silicatos de alumínio, ferro e magnésio, que em aparência assemelha-se à mica).

Descrição

O material TERMITA é obtido na elaboração do mineral VERMICULITA, (grupo de minerais laminares hidratados, como silicatos de alumínio, ferro e magnésio, que em aparência assemelha-se à mica).
A VERMICULITA em bruto vem na forma de membranas planas e finas que contendo no seu interior partículas microscópicas de água.
A TERMITA (Vermiculita exfoliada) é um material constituído por grânulos sob a forma de um fole que contém pequenas células de ar, que conferem um valor elevado de isolamento e baixo peso.

VANTAGENS
• Aligeirar o betão.
• As suas grandes propriedades ignífugas servem para ser usadas em argamassas e betão contra fogo..
• A TERMITA a granel tem menor coeficiente de condutividade do que misturado com betão com cimento aluminoso.
• As suas propriedades permitem que em cultivos hidropónicos a termita se sature e obtenha a solução nutritiva para que a terra seja renovada.
• Nos alimentos para animais, fertilizantes e pesticidas, pode atuar como veículo para substâncias que precisam ser doseadas em pequenas quantidades.

APLICAÇÃO
• Em superfícies planas - tectos e paredes, por exemplo: o enchimento de câmaras de ar, aquecedores ou paredes ocas.
• Em betão TERMITA com cimento PORTLAND, que se caracteriza como um betão leve.
• Em aglomerados de GESSO-TERMITA.
• Em aglomerados de CIMENTO CAL- TERMITA.
• Na indústria siderúrgica e cerâmica.
• Na industria naval.
• Na agricultura: na horticultura e pecuária.
• Na indústria de embalagens.

Colocação em obra

TERMITA A GRANEL:
A TERMITA granular a granel é caracterizada pela facilidade de instalação; é simplesmente despejado do saco, é facilmente manuseado e é acoplado aos diferentes espaços que precisam ser preenchidos. Não irrita e é inofensivo.
No caso de superfícies planas, por exemplo, Tetos, nivela-se facilmente para a espessura desejada. Quando usado em plano vertical, por exemplo, Enchimento de câmaras de ar, aquecedores ou paredes ocas, a TERMITA será consolidada, se possível, durante a instalação. Isso pode ser conseguido despejando-o em camadas de cerca de 20 cm. de profundidade e comprimindo-o ao mesmo tempo cerca de 10%. Se isso não for possível, por vibração. Espessuras recomendáveis: de 6 a 12 cm.
• BETÃO-TERMITA (Betão de Vermiculita):
É um betão leve à base de TERMITA e cimento portland. A sua densidade varia entre 250 e 700 kg/m³, dependendo da relação cimento-termita utilizada. Os materiais a serem usados por m³ de betão-Termita são:

 

Normalmente, é aconselhável misturar o cimento com o TERMITA e depois adicionar a água (se apanhar uma pequena quantidade de mistura com a mão, ao apertar apenas deve segregar água).
Os tipos mais utilizados são: o Leve para coberturas e o Médio para pavimentos, que possuem resistência à compressão de 7 e 9,5 kg/m³, respectivamente. A espessura mínima recomendada é de 4 cm. Para temperaturas a partir de 300ºC, deve ser utilizado cimento aluminoso em vez de portland..
• GESSO - TERMITA:
Prepara-se adicionado a TERMITA granular ao gesso corrente e subsequente adição água necessária. É aconselhável a adição de agentes retardadores de ajuste, especialmente se a aplicação for por projeção.
A dosagem a ser utilizada é:
Gesso: 1 volume.
TERMITA: 1-1,5 volumes.
Retardador: 0,05-0,10% do peso do gesso.
• CIMENTO CAL - TERMITA:
É preparado misturando estes materiais e com subsequente adição de água. Para a aplicação por projeção, é aconselhável adicionar espessantes e agentes espumantes. Em ambos os casos, para a proteção de estruturas metálicas contra fogo, é necessária uma espessura de cerca de 4-5 cm. para um tempo de resistência ao fogo de 4 horas..
• NA INDÚSTRIA SIDERÚRGICA, CERÂMICA E NAVAL:
É preferível usar a TERMITA a granel sempre que possível porque o seu coeficiente de condutividade é menor do que na forma de BETÃO-TERMITA com cimento aluminoso.
Na indústria naval é usado na forma de BETÃO-TERMITA com cimento aluminoso.
• EM AGRICULTURA E PECUÁRIA:
Misturar turfa ou terra com TERMITA em partes aproximadamente iguais ou alternar camadas de TERMITA e terra. Nos cultivos hidropônicas, a TERMITA satura-se com a solução nutritiva que será periodicamente renovada..
Na alimentação para animais, a TERMITA atua como veículo para substâncias que devem ser doseadas em pequenas quantidades e depois misturadas com o resto dos componentes. Idem em fertilizantes e pesticidas.
• EM EMBALAGEM:
Preencher com TERMITA a granel os espaços entre os produtos e o recipiente.

Acondicionamento

Sacos de 100 e 125 L.

Regulamentação

Saúde, segurança e meio ambiente:
• A folha não contém nenhum componente que represente um perigo. Cumpre com os requisitos em matéria de higiene, segurança e meio ambiente. Para mais informação, consulte a ficha de segurança.

Rastreabilidade:
• A rastreabilidade do produto é garantida por um código de produção na embalagem.

Download de documentos

Ficha técnica

PDFTERMITA

Ficha de segurança (FDS)

PDFTERMITA

Necessita mais informação?

Contacto