FLEXOCOL TPO

É um adesivo de contacto, monocomponente, de base solvente, pronto para utilização, inflamável.

Descrição

É um adesivo de contacto pronto para utilização, inflamável

APLICAÇÃO
O adesivo FLEXOCOL TPO é utilizado para a união das membranas de impermeabilização de poliolefina FLAGON TPO nas superfícies
verticais.

REGULAMENTAÇÃO
Certificação do sistema de qualidade UNI EN ISO 9001 (Sistema de Qualidade da empresa) e UNI EN ISO 14001 (Sistema Ambiental)

Colocação em obra

• A superfície do suporte deve estar limpa e isenta de impurezas.
• O adesivo FLEXOCOL TPO deve ser misturado manualmente durante, pelo menos, dois minutos antes de ser usado.
• O adesivo FLEXOCOL TPO deve ser estendido e nivelado utilizando uma espátula dentada, rolo ou outra ferramenta semelhante aplicando em toda a superfície das duas faces a aderir (membrana TPO + suporte).
• Após verificar o estado de aderência, unir as duas camadas e exercer pressão sobre as mesmas com um rolo de borracha ou metálico. Será necessário aguardar, pelo menos 15 minutos, antes da aplicação, de modo a permitir a adequada evaporação do solvente.
• A obtenção de aderência é imediata, contudo o nível máximo de aderência só é obtido ao fim de alguns dias.
• As ferramentas podem ser limpas com acetona ou metiletilcetona

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS:
• Não utilizar união de poliestireno, membranas betuminosas, ou outro suporte não compatível com solventes.
• Não aplicar em suportes húmidos.
• Não utilizar em interiores
• Remover os vapores de solventes inflamáveis ​​da superfície tratada, com ar não comprimido à temperatura ambiente usando um anti-faísca ou ventilador de ar ATEX. Esta operação é necessária porque os vapores do solvente são mais pesados ​do ​que o ar e, portanto, ficam estagnados no nível inferior da superfície de assentamento, especialmente em áreas onde a ventilação natural é insuficiente.
• Antes de aplicar o adesivo, colocar em contato as superfícies a aderir - membrana TPO e suporte - com um elemento metálico ou outro elemento condutor para evitar a posterior formação de eventuais descargas eletrostáticas.
• Utilizar todas as medidas possíveis para eliminar cargas eletrostáticas dos suportes sobre os quais a cola é espalhada ou com os quais esta entre em contato, bem como das ferramentas utilizadas para a sua preparação assim como do próprio operário por meio de adequada ligação à terra.
•  Usar calçado anti estático.

CONSUMO:
O consumo mínimo é de 500 g/m² sobre toda a superfície das duas faces a colar. O consumo é meramente indicativo e deve ser avaliado tendo em conta a situação específica do local de trabalho.

Download de documentos

Ficha técnica

PDFFLEXOCOL TPO

Necessita mais informação?

Contacto