A Soprema informa

 

O Nosso Compromisso

 

As alterações climáticas estão no centro das preocupações de todos. O último relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) alerta para as consequências de curto e médio prazo. Seja um particular ou um profissional, a opinião é unânime: é necessário agir!

Há mais de 30 anos, o Grupo SOPREMA está comprometido com uma abordagem voluntária que nos permite desenvolver as nossas soluções de produtos e serviços de forma a garantir e oferecer uma construção mais responsável. Hoje, vamos ainda mais longe para reduzir as nossas emissões de gases de efeito estufa para contribuir para a neutralidade de carbono.

Na SOPREMA somos o 1º player do setor a reforçar o nosso compromisso, informando e conscientizando os clientes sobre o impacto de carbono dos nossos produtos. A pegada de carbono de cada pedido será, portanto, avaliada e informada em todas as faturas e nos orçamentos a partir de fevereiro de 2024.

Temos muito orgulho de poder oferecer esta informação aos nossos clientes. O nosso objectivo é, claramente, poder discutir este assunto, que se tornou essencial, com todos, sensibilizar para as ordens de grandeza e, em conjunto, contribuir para o bem comum nas questões climáticas.

 

 

0

%

Consumo de energia proveniente do sector da construção.*

0

%

Emissão de gases de efeito de estufa (GEE) gerados pelo sector da construção civil.*

0

%

Matérias-primas Soprema de origem ecológica.

+ de

0

DAP (Declarações Ambientais de Produto) e FDES (Fichas de Dados Ambientais e de Saúde) informam sobre a pegada de carbono da Soprema.

 

a SOPREMA e a neutralidade carbónica

 

A SOPREMA está agora a trabalhar, como muitos outros intervenientes, em acções concretas para reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa (GEE), em todas as suas formas. Com a ajuda do Carbone 4, a Soprema mediu a sua pegada de carbono em toda a sua cadeia de valor. Este retrato das nossas emissões de GEE em 2021 visa definir um ponto de partida e medir os esforços a implementar para contribuir para a neutralidade carbónica até 2050. Os projetos são inúmeros: redução do uso de combustíveis fósseis, desenvolvimento do uso de novas matérias-primas recicladas, descarbonização de nossa energia e logística, etc.

Mas também pretendemos ajudar os nossos clientes a reduzir seu impacto de carbono. O trabalho coordenado das nossas equipas de pesquisa e desenvolvimento e indústria permite-nos fornecer agora novas informações sobre os produtos nas nossas faturas. Assim, as emissões de GEE dos produtos SOPREMA são indicadas nas nossas faturas de forma transparente, utilizando uma metodologia baseada no conhecimento científico atual.

 

PONTOS FORTES DA SOPREMA

 

  • Menos de 40% dos materiais fósseis virgens continuam presentes nas nossas membranas betuminosas, resultado do trabalho incansável e constante de nossos vários centros de pesquisa e desenvolvimento nos últimos 30 anos.
  • No que diz respeito ao isolamento, a proporção de materiais reciclados no nosso XPS está entre as melhores do mercado, o que contribui para a redução de nossas emissões de GEE no grupo.
  • Os nossos isolamentos de base biológica (em particular a pasta de celulose) permitem, de acordo com o conhecimento científico atual, afirmar que esses isolamentos reduzem o carbono. É por isso que o sinal "-" pode aparecer nas nossas faturas para a emissão de GEE.

Fontes: www.ecologie.gouv.frwww.inies.fr e Soprema.

Ficou com alguma dúvida?

Entre em contacto com a nossa equipa através de e-mail.

 

Entre em contacto