COBERTURA PLANA NÃO TRANSITÁVEL INVERTIDA - MONOCAMADA - NT-01-01m

COBERTURA PLANA NÃO TRANSITÁVEL INVERTIDA - MONOCAMADA - NT-01-01m

COBERTURA PLANA NÃO TRANSITÁVEL INVERTIDA - MONOCAMADA - NT-01-01m

Descrição:

m2 Formação de pendentes em betão celular com uma espessura média de 8 cm, regularizado com argamassa de cimento numa espessura média de 2 cm com resistência mecânica superficial necessária para receber o sistema de impermeabilização; Sistema de impermeabilização monocamada ADERIDO ao suporte com aplicação prévia de primário asfáltico SOPRADÈRE com um rendimento mínimo de 230 g/m2; formado por membrana de betume elastómero (SBS) com armadura de feltro de poliéster reforçado e estabilizado (FP) com flexibilidade a baixas temperaturas ≤ -25 °C SOPRALENE ELITE FP 4,8 KG; camada separadora de geotêxtil não tecido de alta resistência em polipropileno termossoldado com resistência à tração de 9,5 kN/m e punçoamento estático (CBR) de 1500 N com uma gramagem de 120 g/m2 TEXXAM 1000; camada de isolamento térmico formada por placas de poliestireno extrudido de dimensões 1250 x 600 mm com juntas a meia-madeira de resistência à compressão de 300 kPa, condutibilidade térmica λ = 0,036 W/m.K de acordo EN 13164 e de espessura defininda em projecto da especialidade XPS SL; camada separadora de geotêxtil não tecido de alta resistência em polipropileno termosoldado com resistência à tração de 19,0 kN/m e punçoamento estático (CBR) de 3350 N com uma gramagem de 250 g/m2 TEXXAM 3000; camada de acabamento com seixo roldado numa espessura mínima de 5 cm e granulometria 16/32 mm.

Conselhos Soprema:

- Para a realização de corredores técnicos e de manutenção da cobertura, pode ser utilizada a lajeta isolante TEXLOSA, substituindo o isolamento em XPS e a gravilha/seixo/ godo, apoiando-a diretamente no isolamento.
- Os remates perimetrais podem ser realizados com uma solução melhorada em betume-poliuretano TEXTOP, aplicando 3 camadas de 500 + 900 + 700 g/m2, reforçadas com TEXTIL e finalizadas com GRANULADO DE ARDÓSIA.